Wismoney Até 2,1% ao dia até completar 400%

Expenditure Assistance So You Know What To Do

Irrespective of what you are about, real-estate shelling out could be tricky. If you are searching for great advice on expenditure, you have located them. Keep reading to discover ways to become a effective real estate investor.

Always do your homework, look at areas, and understand about the market place that you will be getting into. Investigate up to 100 specific components for the reason that area track your remarks using a spreadsheet or database. Forecasted rent payments, fix fees, and existing costs ought to be regarded. This should help you to weed out the bad apples.

You should consider standing in terms of stepping feet into the real estate market. That is why you ought to stick with your term while being sure you don’t notify prospects lies. Your track record is exactly what could make you a success or will swiftly place you from organization.

Visit us for more information : Wishmoney

Place is definitely the most critical part of real estate property investing. You can always alter carpeting or the exterior of a residence. Local communities with decreasing house values are generally not a seem expense. Constantly do your homework over a home before investing any money.

Connect with other people who invest in property. They can provide some very important guidance. It can be a fantastic way to improve your personalized expertise. You can get like-minded individuals by searching on the web. Consider joining some property community forums to participate meetups.

You would like to have analyzed a neighborhood prior to making any purchase purchases. Desired local communities will always keep their importance, in contrast to stressed out local communities may not give you pretty much as good a come back. Place is one of the major consider home value, more than what’s around the house on its own.

Be certain you’re going to get back your expenditure, and after that some. In the event you don’t make any cash at it then you have actually misplaced money as a consequence of time purchased it. Will not checklist a home for less than you paid, particularly after makeovers.

When buying real estate property, a property’s area is of major attention. The roughest home that is present on a excellent bit of territory could be a better purchase compared to a fantastic property inside a bad place. Make sure you keep your location at heart while you are deciding on your next purchase residence.

Investigate the nearby authorities just before getting in a community. Get the city’s formal internet site. You can observe metropolis planning details that may have an impact on potential property price ranges. A city that’s growing is a great issue to get.

Look at the financial predict to the area for which you are interested to buy house. When the unemployment prices are great, home prices will remain reduced. If any, which means you will get a really small come back. A large city can certainly make a house worthy of more.

Decide which kind of home you need to maintain. Purchasing the property is just a small a part of property shelling out. You must preserve it well to promote it. As an example, a condo is usually quicker to sustain compared to a two-tale creating. Don’t take on greater than you can actually take care of.

When you find yourself acquiring real estate property for a hire house, perform a little research on rents from the neighborhood. You’ll have to be sure that this rent is in accordance with very similar rentals in your neighborhood if you would like rent a house easily. Potential tenants is going to be much less interested in your premises, producing you have to hold out longer to start out making money.

To achieve success when purchasing real estate, you must understand the way the marketplace works, as you’ve read through previously mentioned. Because you have read through these great tips, you could start to search for the right expenditure. You will end up profitable provided that you adhere to the assistance here and keep these guidelines nearby.

Visit us for more information : Criptomoeda Wishmoney

Bitcoin e Criptomoedas Wishmoney

O que é bitcoin?

Bitcoin é uma criptomoeda (ou cryptocoin) que cresceu além de suas origens de nicho na internet e desde então se tornou um método legítimo de enviar e receber fundos. O Bitcoin pode ser usado ao fazer compras on-line e em lojas de varejo físicas tradicionais e até é conhecido por ser usado para fazer grandes compras, como carros e imóveis.

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre como usar Bitcoin e usá-lo na próxima vez que for fazer compras.

 

Como funciona Bitcoin

Todos os fundos e transações do Bitcoin são registrados e armazenados em uma espécie de rede chamada blockchain . Há apenas uma blockchain Bitcoin e cada transação deve ser confirmada e verificada por usuários especiais Bitcoin, chamados de mineiros Bitcoin , várias vezes antes de ser processada e bloqueada. Esta tecnologia blockchain é uma das razões pelas quais a Bitcoin tem a reputação de ser tão seguro. É muito difícil hackear.

 

Os usuários do Bitcoin mantêm a propriedade de seu próprio Bitcoin no blockchain por meio de uma carteira digital. A criação de uma carteira é totalmente gratuita através de um serviço online ou de um aplicativo de carteira Bitcoin, e qualquer pessoa pode criar quantas carteiras no blockchain Bitcoin quiser.

 

Cada carteira Bitcoin tem um ID único que é representado por uma seqüência de números ou um código QR. Os fundos podem ser enviados entre as carteiras Bitcoin da mesma forma que um e-mail é enviado, mas em vez de um endereço de e-mail, o ID da carteira do Bitcoin é usado.

 

Como obter o Bitcoin

O Bitcoin pode ser ganho por mineração (ou seja, usando seu computador para confirmar transações no blockchain), mas a maioria das pessoas simplesmente opta por comprar o Bitcoin com cartão de crédito ou transferência bancária através de uma troca online como Coinbase ou CoinJar. O Bitcoin agora também pode ser comprado no aplicativo Cash da Square nos smartphones Android e iOS.

Saiba mais  informações gratuita sobre a Criptomoeda Wishmoney , CLIQUE AQUI!

 

Como armazenar Bitcoin

Bitcoin tecnicamente é sempre armazenado no blockchain Bitcoin e só é acessado por um aplicativo de carteira ou carteira do site. Essas carteiras possuem códigos de acesso exclusivos para o Bitcoin de propriedade do blockchain, então quando as pessoas falam sobre armazenar ou manter o Bitcoin, o que elas realmente estão se referindo é ter acesso ao seu Bitcoin.

 

As formas mais populares de armazenar, proteger e acessar grandes quantidades de Bitcoins são através de um serviço web como Coinbase ou CoinJar ou um dispositivo de carteira de hardware como o Ledger Nano S. A carteira de software Exodus para PCs e Macs com Windows 10 também é opção confiável. Para pequenas quantidades de Bitcoin que se destinam a ser usadas durante as compras diárias, um aplicativo de carteira de smartphones como Bitpay ou Copay é o preferido. Eles são simplesmente mais convenientes.

 

Como gastar Bitcoin

Ao pagar com Bitcoin pessoalmente em uma loja física, você será presenteado com um código QR para digitalizar com seu aplicativo de smartphone de carteira Bitcoin. Este código QR é o endereço da carteira Bitcoin de propriedade da loja para receber pagamentos.

 

Para escanear o código, abra seu aplicativo de carteira Bitcoin e selecione a opção Escanear . Isso ativará a câmera do seu celular ou tablet, que pode ser usada para visualizar o código QR. Depois que a câmera detectar o código QR, o aplicativo lerá automaticamente o endereço do Bitcoin oculto e preencherá os detalhes necessários para a transação. Você precisará inserir manualmente o valor do Bitcoin para a transação e pressionar Enviar. O código QR precisa ser escaneado a partir do aplicativo de carteira do Bitcoin. Não use o aplicativo de câmera padrão do seu telefone. Isso simplesmente tirará uma foto do código QR.

 

Como as transações do Bitcoin não podem ser canceladas ou revertidas após serem iniciadas, é importante verificar novamente o endereço do destinatário e a quantidade de Bitcoin que está sendo enviada.

 

Ao fazer uma compra on-line, muitas vezes você será presenteado com um código QR que pode ser usado exatamente da mesma maneira para fazer uma transação como em uma loja física. Os websites também fornecerão, às vezes, a série real de números que representam o endereço da carteira do Bitcoin. Isso pode ser copiado para a área de transferência do computador, destacando-o com o mouse, pressionando o botão direito do mouse e selecionando Copiar .

 

Depois de ter seu endereço copiado para a área de transferência, abra sua própria carteira ou conta do Bitcoin no Coinbase ou no CoinJar (ou outro serviço de criptografia preferido). Clique na opção Enviar e cole o endereço copiado no campo Destinatário , clicando com o botão direito do mouse e escolhendo Colar . Em seguida, insira o custo total da transação fornecido a você pela loja on-line, certificando-se de que é exato e pressione o botão Enviar ou Confirmar .

 

Nota: Dependendo do nível de atividade da rede blockchain, a transação pode levar de alguns segundos a alguns minutos.

 

Onde gastar Bitcoin

Bitcoin está sendo aceito por mais e mais empresas de pequenos estabelecimentos para grandes corporações. A maioria das lojas físicas exibirá um adesivo Bitcoin Accepted Here próximo à sua entrada ou saída, enquanto as lojas on-line o listarão como um método de pagamento disponível no carrinho de compras ou nas páginas de faq do site.

 

A Microsoft Store é um exemplo de uma grande loja que aceita Bitcoin, enquanto a Expedia é outra. Os diretórios comerciais on-line, como o SpendBitcoins e o CoinMap, podem ser usados ​​para encontrar lojas locais ou restaurantes que recebem pagamentos do Bitcoin.

 

Muitas lojas que aceitam o Bitcoin também aceitam pagamentos feitos em muitas das outras criptomoedas populares , como Litecoin e Ethereum.

Nota: Bitcoin é ilegal em vários países, por isso é sempre importante verificar onde está a lei antes de fazer compras enquanto estiver no exterior em férias.

 

Saiba sobre a criptomoeda a Wismoney?

Wishmoney é uma Holding Business que detém múltiplos negócios e especializada em tecnologia e desenvolvimento de plataformas blockchain. Como se fosse uma cidade online com varios produtos e serviços.
Possui Centro de Negócios globais, situados nos Estados Unidos e Japão.

Vídeo de apresentação Wishmoney, AQUI !

Criptomoeda Wishmoney é revolucionária e irá permitir que você expanda seus investimentos e alcance sua liberdade financeira!

Criptomoeda Wishmoney é independente capaz de executar contratos inteligentes e aumentar as relações de consumo em vários segmentos através da tecnologia blockchain. Criptomoeda Wishmoney com tecnologia exclusiva para mineração de telefonia, gerando rentabilidade para seus parceiros e associados.

Saiba mais  informações gratuita sobre a Criptomoeda Wishmoney , CLIQUE AQUI!

Como fazer flor de crochê

Como fazer flor de crochê
Para fazer uma flor de crochê simples separei os materiais necessário.
Linha;
Agulha de crochê;
Tesoura;
Passos.

Agora veja os passos a serem seguidos de como fazer flor de crochê de forma simples e com qualidade no seu trabalho.

Primeiramente escolha a linha. Dependendo da linha que você escolher o visual da flor será diferente, pense bem como vai fazer sua flor de crochê e escolha sua linha.

Se você for novato(a) recomendo que escolha a cor, pois em um nível avançado precisa pensar em cor, peso, fibra e instruções. Pela cor é mais fácil enxergar os pontos de uma linha mais clara.

Se você tiver alguma preferencia como, por exemplo, uma agulha grossa eu recomendo que compre lã. Seu fio grosso facilita o trabalho para que esta iniciando.

1. Escolha uma agulha
A agulha que você vai escolher deve ser compatível com a grossura do seu fio. Geralmente no verso da embalagem do fio mostra o tamanho ideal da agulha a ser usada.

Como sempre para quem esta iniciando a fazer flor de crochê de flor, inicie fazendo correntinhas. É o primeiro passo de qualquer projeto de crochê.

Na área as correntinhas tem uma abreviação que seria “corr.” na maioria das receitas. Caso você não saiba como fazer correntinhas, pratique antes de fazer a flor.

2. Ponto baixíssimo
Depois de ter feito a correntinha faça um ponto baixíssimo no primeiro loop da sua correntinha, para fechar um anel. Agora comesse fazendo três correntinhas. Isso conta como o primeiro dos pontos altos que farão as pétalas das flores. Inicie agora fazendo 14 pontos altos no anel.

3. Três correntinhas
Na primeira das 3 correntinhas já feitas faça um ponto baixíssimo, isso será feito para fechar o circulo.

4. Mais uma correntinha
Mais uma vez faça uma correntinha. Essa será para as pétalas. Faça um meio ponto alto no primeiro ponto alto da carreira abaixo. Nesse momento tente fazer um ponto alto duplo no mesmo lugar.

5. Pontos altos ou pontos duplos
Você pode querer fazer os pontos altos ou pontos altos duplos dependendo da grossura da sua linha ou lã. Os pontos altos duplos podem ser um pouco altos demais para linhas finas. Quando chegar no próximo ponto faça um ponto alto duplo, um ponto alto e um meio ponto alto. Até esse momento você já deve estar percebendo o formato da pétala.

Repita os passos 3-5. Comece no próximo ponto toda vez que terminar um ponto alto baixíssimo, faça isso até conseguir 5 pétalas .

Dependendo da espessura que você escolher de linha e agulha vai determinar o tamanho de sua flor. Linhas finas são mais difíceis de trabalhar.

Finalize
Depois do ultimo ponto você deve fazer mais uma correntinha, corte a linha e puxe-a para fechar a correntinha. Para esconder os fios passe pelos pontos para finalizar.

Dicas
Abreviaturas:
m.p.a. = meio ponto alto;
corr. = correntinha;
p.a. = ponto alto;
p.b.x. = ponto baixíssimo;
p.a.t. = ponto alto triplo;
Use o tamanho de agulha que a embalagem do novelo recomendar.

Portanto, para aprender como  fazer flor de crochê basta seguir os passos logo a cima e se tiver alguma duvida faça uma pesquisa rápida no youtube que com certeza você vai encontrar algum vídeo.

Automação industrial Indústria 4.0

Após percorrer diversos trabalhos em indústrias, que tem o objetivo de trilhar o caminho da Digitalização, e receber diversos comentários sobre nossos artigos, solicitando para demonstrarmos como estruturar um projeto de Automação 4.0, apresentamos este trabalho, para você leitor técnico e estudante.

Não temos a intenção de esgotar o assunto e nem mesmo, postular um modelo, mas sim, demonstrar de forma prática e direta, considerações, que hoje devem ser levadas em conta, nos projetos de automação industrial, que vão permear a Indústria 4.0.

A digitalização na Indústria

Digitalização é a evolução do formato da linguagem humana, a forma de transferir conhecimento, bem como administrá-lo e deter o poder, remonta na época dos oradores, onde a palavra, bem-dita, demonstrava profundo conhecimento e respeito na sociedade, assim era a educação, a ciência, a política de uma época dos homens da oratória.

Com a evolução da escrita, com a prensa que pode disseminar a palavra impressa, temos um novo modelo de comunicação.

Textos, documentos, assinaturas… tudo isso permeia nossa sociedade atualmente, ainda que em fase de transição para a digitalização, mas nosso modelo é baseado no documento, no livro, no impresso e na escrita.

O processamento de dados computacionais criou um novo formato de informação. Os documentos, escritas, palavras e toda forma de comunicação, passaram a ser digitais, criando uma nova sociedade.

Pelo menos estamos nesta fase de transformação e já é possível assinar documentos de forma digital, dispensado a escrita manual ou assinaturas. Governos administram documentos tudo de forma digital e assim caminha nossa sociedade.

Com a Digitalização, temos o nascimento do que estamos chamando de Sociedade 4.0, onde todas as áreas da organização humana, são administradas através de dados digitais. Governos, saúde, educação, segurança, mobilidade e a indústria, passam a relacionar nesta sociedade, utilizando-se de novas tecnologias, que podemos chamar de 4.0, somente como um alusão a Quarta Revolução Industrial.

Para levar a indústria ao patamar digital, é necessário percorrer um caminho de transição, mas principalmente, projetar sistemas de automação para responder as necessidades da nova indústria digital.

O que conhecemos como Pirâmide da Automação, nossa Automação 3.0, é uma estrutura de camadas, onde sua intercomunicação é feita por diversas interfaces, mas tendo um modelo vertical, se limita a planta e seus departamentos, com pouca flexibilidade e alta latência para tomada de decisões.

A nova indústria digital, deve ser projetada com a Automação 4.0, baseado agora, nos Pilares da Automação, principalmente pelo fato que temos a interconexão de todas as informações, não só verticais, mas também horizontais e de toda a cadeia de valor do negócio, interagindo em tempo real.

Como dissemos, estamos em fase de transição, para evoluir de Pirâmide de Automação para Pilares da Automação, as principais mudanças serão:

No campo:

Aumento sobremaneira de dispositivo de sinais com a camada de IoT Internet das Coisas.

No controle:

Os controles serão distribuídos nos campos em dispositivos inteligentes e será supervisionado em uma camada de Cloud (nuvem).

Nos sistemas de gestão e controle (IHM, MES, Scada, ERP, BI, PCP):

Tendem a ser integrados, trabalhando em convergência um único ambiente de Cloud, ferramentas interconectadas.

Tecnologias para projetos de Automação 4.0

Para projetar a Indústria 4.0, a partir de uma arquitetura de Automação 4.0, são necessárias algumas tecnologias, e principalmente, um novo formato de conectar dados, pessoas e processos.

Segue abaixo uma lista, não abrange todas as tecnologias, mas permeia os principais pontos hoje que devem ser observados para projetos de Automação 4.0:

  • Unidades de Controle Distribuído (campo) – módulos de I/O inteligentes (entrada e saída) e controle de baixa densidade de pontos, mas de alto poder de processamento e comunicação, distribuídos e interconectados
  • Segurança (dados e informação) Campo (IoT) – como os módulos de I/O e controladores distribuídos e conectados em rede, normalmente em padrões baseado em Ethernet, o risco de invasão para acesso de dados é permanente, surgindo a necessidade de projetos de Cibersegurança
  • Camada EDGE – camada de campo de Cloud, para tomada de decisões autônomas na célula de produção ou setor produtivo, a análise de dados se dá neste sistema, disponibilizando para o externo, somente o que é necessário para supervisão
  • Conectividade (pilar de comunicação) – a conectividade e a Interface única de dados, deve permitir a interconexão de toda automação de forma vertical e horizontal, não há mais camadas, mas sim um inter-relacionamento de informações, um modelo baseado em RAMI 4.0, é um referencial para isto
  • Unidades de Controle Distribuído (cloud) – as unidades de controle distribuído, também se comunicarão com um Cloud, local, porém com função de supervisão, baseado em dados de planejamento, recursos, qualidade, entre outros, formando um ecossistema único
  • Cloud Local – a nova indústria digital, terá seus dados e controle centralizados em seu Cloud próprio, com suas ferramentas e necessidades próprias, podemos dizer que é CPD Centro de Processamento de Dados, para controlar o processo produtivo, somente externando o que é necessário
  • PLC/DCS (virtual) – na mesma linha de ter o Cloud local, ferramentas de controle e comando, estarão centralizadas, camada de controle distribuído e local formarão um ambiente único digital de prioridades, tanto para controle avançado, quanto para gestão e supervisão de tomada de decisões produtivas
  • Camada FOG – no mesmo objetivo da camada EDGE, porém agora tratando dados de todo planejamento e interfaces, para tomada de decisões inteligentes, unindo os dados
  • Backbone de Dados (IIoT) – conectar a cadeia de valor da indústria, da unidade de negócio, é pré-requisitos para atender o conceito da Indústria 4.0, uma rede que tenha capacidade de conectar fornecedores, setores externos, clientes, e a própria indústria é necessário para interconexão, todos os elementos externos são a IIoT (Internet Industrial das Coisas)
  • Cloud (externo) – o uso de Cloud Computing externo, para aplicação de ferramentas, tais como, I.A. (Inteligência Artificial), para tomada de decisões e uso de Big Data, unido todo o ecossistema do negócio industrial, entregando dinâmica de cenários para tomada de decisões, acelerando o tempo e diminuindo o erro.

Funcionamento básico desta estrutura digital de automação

O funcionamento básico desta estrutura digital de automação, tem como premissa a troca de dados em tempo real entre todos os componentes da rede e utilizar sistema para tomada de decisões.

Em relação aos principais pontos de funcionamento, podemos descrever:

  • No campo, o controle e o sinal são distribuídos, processamento local e análise de dados local
  • Na conectividade, todos dispositivos devem permitir uma camada horizontal de dados, formando uma conexão interoperável
  • O sistema possui um Cloud Local, com serviços de controle, supervisão e tomada de decisões no local e centralizado
  • Um Backbone conecta toda a cadeia de valor da Indústria
  • O Cloud externo, utiliza-se de serviços de I.A. Inteligência Artificial, interagindo na cadeia produtiva

Benefícios esperados

Quais os benefícios esperados, utilizando uma arquitetura de Automação 4.0, sendo um modelo para a realidade da Indústria 4.0, descrevemos os principais:

  • Flexibilizar a produção, através de controle distribuído e controle centralizado na camada de Cloud
  • Simplificação na camada de comunicação, com uso de protocolos e interfaces abertas (OPC-UA e MQTT)
  • Tomada de decisões (Mineração de Dados e Aprendizado de Máquina) localmente (EDGE e FOG)
  • Utilizar o Cloud Externo somente sob Demanda
  • Aplicar I.A. na Operação e Manutenção, com foco em Operador Supervisor e Manutenção por Prognósticos

Desafios atuais

As tecnologias e o modelo de projeto destas arquiteturas são muito novas em termos de conhecimento, isso remete a desafios, podemos descrever alguns abaixo:

  • Projetar sistemas de automação com controle distribuído
  • Projetar uma rede com protocolos e interfaces de dados horizontal
  • Criar um sistema de virtualização local, permitindo processamento intermediário de Cloud (EDGE e FOG)
  • Interconectar a cadeia de valor através de um Backbone (IIoT Internet Industrial das Coisas)
  • Utilizar serviços externos de Cloud (na medida necessária) e aplicar I.A.

Pontos a serem observados

Como uma sugestão de principais pontos, podemos descrever o que deve ser observado em uma implantação de um projeto de digitalização, com foco na automação:

  • Projete seu processo produtivo em blocos de produção (quantidades) e linha de produtos (variedade)
  • Distribua os sinais e o controle pelas linhas ou unidade produtiva
  • Utilize tecnologias de comunicação que necessitem o mínimo de interfaces ou gateways (OPC-UA e MQTT)
  • Crie camada de Cloud local (EDGE e FOG) e use análise de dados local (R e Python)
  • Crie comando e controles locais para atender produção flexível e centralizados, para supervisão da produção
  • Conecte a cadeia de valor ao Cloud local para análise de dados (Use o RAMI 4.0)
  • Use o Cloud externo para utilização de ferramentas avançadas de dados (I.A. e Big Data)

Tendências

Os sistemas, componentes e fornecedores, estão em constante evolução, hoje podemos apontar algumas tendências de curto prazo, para novas tecnologias, que já se apontam com realidade, para atender este escopo de necessidades:

  • Equipamentos de controle e I/O de pequeno porte e conectividade (OPC-UA, MQTT, TSN)
  • Micro PC Industrial distribuído, formando Cloud local em camadas de FOG e EDGE
  • Fornecedores da cadeia de valor já terem dados estruturados para conexão padronizada (Cloud) em um Backbone de IIoT
  • Serviços de Cloud externo de fabricantes, com soluções prontas para Indústria (SIEMENS, Rockwell, Yokogawa, Emerson, GE, etc.)